Notícias

SINDUEPG COMEMORA DIA DOS PROFESSORES

08/10/2019 08:10Atualizado - 08:08

Assessoria SINDUEPG

 


Professoras e professores da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), familiares e amigos comemoraram antecipadamente o Dia do(a) Professor(a), que será em 15 de outubro, em animado almoço no Black Sheep Esportes Bar no sábado, 05. Mais de 100 pessoas participaram da confraternização oferecida pelo Sindicato dos Docentes da UEPG (SINDUEPG) aos filiados. A comemoração teve saboroso cardápio, música ao vivo e recreação para as crianças, além da homenagem à profissão.

“É com alegria que nós estamos aqui hoje. 2019 foi um ano de luta, de uma greve longa, que produziu resultados significativos e, certamente, um acúmulo que vai ser muito importante para as mobilizações futuras. Então, nessa comemoração de Dia dos Professores e Professoras, é com grande alegria que recebemos a todos vocês”, saudou o presidente do SINDUEPG, Marcelo Ubiali Ferracioli.

“É com felicidade que estamos aqui hoje para comemorar um pouco das nossas lutas diárias. Gostaríamos de homenagear uma de nossas companheiras, estendendo a todos e todas que já passaram pelo SINDUEPG e contribuíram com a luta deste sindicato. É com muita honra, alegria e emoção que homenageamos a professora Petuba. Uma guerreira, que sempre esteve à frente da luta, preocupada com o coletivo, e que, agora, além de superar várias lutas coletivas, também vive um momento de superação pessoal”, diz a vice-presidenta do SINDUEPG, Carina Alves da Silva Darcoleto, ao homenagear a professora Rosângela Petuba, do Departamento de História.

“Tenho orgulho de poucas coisas na minha vida como eu tenho de ter ajudado a construir esse sindicato. É uma honra muito grande fazer parte dessa história. Nós vamos vencer juntos os tempos sombrios que nos cercam, sejam eles no individual ou no coletivo. Nós não podemos deixar que a luta nos consuma a ternura nem a coragem”, diz a professora homenageada. “Este é o momento que a gente reúne os associados do sindicato, valoriza a direção e comemora e refaz a luta, além de rever os companheiros e valorizar o fato de a gente estar de pé”, comenta. “É importante a gente se reunir e refazer as forças. É do sindicato que vem o nosso reconhecimento”, finaliza.

“Gostaria de externar minha felicidade e orgulho de ser professor e membro da diretoria do SINDUEPG. É uma grande honra ocupar essa função. Hoje estamos em um momento de celebração. Temos que realmente celebrar. Tivemos vitórias, impedimos muitos retrocessos e novas lutas virão. A gente tem que reabastecer, conversar, é um momento muito bacana para trocar ideias com nossos colegas, amigos e familiares”, afirma o primeiro-tesoureiro do SINDUEPG, Arcelio Benetoli. “É uma grande felicidade saber que nós temos um órgão de classe, o SINDUEPG, que luta pelos nossos interesses, nossos salários e condições de trabalho e que faz essa atividade com as demais categorias do estado. Juntos somos mais fortes e é assim que vamos vencer”, acrescenta.

Para o professor Marciano Pereira, do Departamento de Matemática, o momento é revigorante também para voltar às atividades do dia a dia. “A gente vem aqui, conversa e depois pode voltar mais animados para pesquisar, trabalhar, ensinar e orientar os alunos”, diz. Rosângela Schardong, professora do Departamento de Letras, também destaca o momento de confraternização. “É um conforto para a alma, que revigora a luta diária em sala de aula. É maravilhoso estar aqui, relembrar que há dois anos celebramos no mesmo lugar o aniversário do sindicato, que também foi histórico”, rememora.

Luciane Grossi, professora do Departamento de Matemática, considera que os professores sofrem com a marginalização e desvalorização da profissão. “É um momento importante porque os professores se sentem valorizados de participar, também é importante reunir quem luta pela educação pública e de qualidade”, garante.

 “O fato de nos encontrarmos fisicamente é um momento de descontração, traz uma lembrança do nosso ser. Não é só a dificuldade da luta, tem a confraternização. É um dia de recompor as forças, de fato recuperar esperanças. Nos encontrarmos como seres humanos, pois quando fica só na máquina tem a facilidade, mas não tem a troca de energia”, comenta Nhara Marcondes, professora aposentada.

 Veja as fotos da confraternização!

 


Endereço

  • Endereço:
  • Alameda Nabuco de Araújo, 500 - Uvaranas
  • Ponta Grossa - Paraná - CEP 84.031-510

  • Expediente: Segunda a sexta-feira
    08h às 12h e das 13:00 às 17:00