Notícias

RACISMO NÃO! RACISMO MATA!

20/11/2020 01:11Atualizado - 03:03

Direção SINDUEPG

 


João Alberto Silveira Freitas, negro, 40 anos, espancado até a morte por um segurança do Carrefour e por um Policial Militar, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Fato ocorrido na noite de quinta-feira, 19, véspera do Dia Nacional da Consciência Negra. 

A data de hoje, dedicada às celebrações em homenagem a Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência dos negros contra a escravidão, o racismo, a opressão, foi despertada por mais uma nova barbárie. Desta vez, retratada diante as câmeras, como mostra o vídeo que circula pela imprensa e em todas as redes sociais com a agravante cena do assassinato em plenas luzes do supermercado da capital gaúcha, no Sul do Brasil, na noite de ontem.

Ana Lúcia Martins, primeira negra eleita a vereadora de Joinville, em Santa Catarina, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), sofre ameaças de morte nas redes sociais, logo após confirmados 3.126 votos nas urnas nas eleições de 15 de novembro. Motivo: ser uma mulher negra! Ana Lúcia é professora e servidora pública aposentada. 

Entre todas as vítimas de homicídios no Brasil, 75,7% são negros e negras, segundo dados do Atlas da Violência de 2020. 

Estarrecedor! Inacreditável! Incompreensível! Inadmissível!

O Brasil não pode permitir, nem conviver e tão pouco sobreviver no Racismo!

O racismo estrutural no Brasil é próprio do capitalismo opressor.

A luta antirracista precisa ser diária, combatida por cada um de nós, trabalhadores e trabalhadoras, como a luta contra o capitalismo!

Racismo não! Basta à barbárie!

DIREÇÃO SINDUEPG

(Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa)

20 de novembro de 2020

 



Endereço

  • Endereço:
  • Alameda Nabuco de Araújo, 500 - Uvaranas
  • Ponta Grossa - Paraná - CEP 84.031-510

  • Expediente: Segunda a sexta-feira
    08h às 12h e das 13:00 às 17:00