Notícias

COMANDO SINDICAL DOCENTE INTENSIFICA AÇÕES PARA DERRUBADA DO PLC 19/2020

10/12/2020 11:12Atualizado - 11:11

Assessoria SINDUEPG


Projeto de Lei tramita com urgência e visa destruir carreira de professore(a)s e de todas as áreas do serviço serviço público

Cerca de 100 docentes das sete Universidades Estaduais do Paraná estiveram reunido(a)s de forma remota na quarta-feira, 9, para debater o Projeto de Lei Complementar (PLC) 19/2020, de iniciativa do governador Ratinho Junior (PSD), que extingue promoções e progressões, destruindo a carreira docente e de todas as áreas do serviço público. A reunião teve como objetivo também reunir o(a)s filiado(a)s para os enfrentamentos na derrubada do PLC.

“Embora estejamos vivenciando sucessivos ataques às universidades públicas em um contexto de sujeição ao ensino remoto decorrente da pandemia da Covid-19, é fundamental unirmos forças e resistirmos contra imposições dos governos estadual e federal, cujo projeto de desmonte dos serviços públicos e de destruição da carreira docente, culmina, no Paraná, com o PLC 19/2020”, disse a Maria Julieta Weber, presidenta do Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (SINDUEPG), presente na reunião ampliada.

Entre as estratégias traçadas, algumas contam com a colaboração imediata do(a)s colegas docentes, como o compartilhamento de informações por redes sociais e outros meios de comunicação, devido às restrições sanitárias na pandemia do novo coronavírus, e a utilização da hashtag #DerrubaJáPLC19.

As entidades sindicais também assumiram  compromisso para outras atividades de enfrentamento, como ações judiciais para barrar o PLC 19/2020 na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), bem como a conscientização ampla das diversas categorias do serviço público sobre os impactos do projeto. O PLC 19/2020 já foi aprovado em primeiro turno na manhã desta quinta-feira (10) em regime de urgência em menos de 24h. A proposta segue para segunda discussão já na tarde de hoje.

“Contamos com a adesão de todos e todas no enfrentamento de mais uma maldade do Governo Ratinho Junior, que desta vez, decide acabar de vez com todos os direitos de trabalhadores e trabalhadoras do Estado”, disse a diretora do SINDUEPG, Hebe Gonçalves. 

Regis Clemente da Costa, também da direção do SINDUEPG, reforçou a luta urgente da categoria. “Quando os governantes tratam os servidores públicos como privilegiados, como inimigos, como os vilões, quem perde é toda a sociedade quanto ao acesso e a qualidade dos serviços públicos. Quem ganha com isso são apenas os grandes empresários que ficam cada vez mais ricos. É hora de toda a sociedade se mobilizar em defesa dos serviços públicos no Paraná.”

 



Endereço

  • Endereço:
  • Alameda Nabuco de Araújo, 500 - Uvaranas
  • Ponta Grossa - Paraná - CEP 84.031-510

  • Expediente: Segunda a sexta-feira
    08h às 12h e das 13:00 às 17:00